domingo, 21 de Outubro de 2018  00:32
PESQUISAR 
LÍNGUA  

Portal D'Aveiro

Inovasis Prescrição eletrónica (PEM), Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica (MCDT), Gestão de Clínicas Inovasis

Inovanet


RECEITA SUGESTÃO

Molotoff

Molotoff

Comece por bater as claras. Quando estiverem meio batidas, junte 2 colheres de açúcar e continue a bater sem parar até ...
» ver mais receitas


NOTÍCIAS

imprimir resumo
12-10-2018

Pampilhosa esclarece reconstrução de segundas habitações em Lisboa



«Concretizadas, há poucas, mas as pessoas estão a colocar muitas questões, a fazer muitas perguntas». Um diagnóstico feito pelo presidente da Câmara Municipal de Pampilhosa da Serra, que levou o município a agilizar procedimentos e a decidir “levar a informação” junto de quem precisa dela. Segunda-feira, às 21h30, em Lisboa, na sala de congressos n.º 1 da Fundação Calouste Gulbenkian, assiste-se a uma sessão de esclarecimento. Precisamente um ano depois do incêndio que devastou a região, autarcas e técnicos o município vão a Lisboa, com o obejctivo claro de responder a todas as perguntas, esclarecer dúvidas e, sobretudo, sensibilizar e mobilizar os seus conterrâneos para a recuperação de segundas habitações na Pampilhosa da Serra. «Temos cerca de 30 mil descendentes de pampilhosenses radicados na zona de Lisboa, que vêm habitualmente ao concelho» e que o município quer que continuem a vir, no futuro. «Por isso, estamos a fazer este grande esforço, no sentido de motivar a reconstrução», assume José Brito Dias, ciente que se estas segundas habitações, deixarem se existir, estas visitas deixam de ser feitas e é o concelho que perde, a economia que sofre, a desertificação que cresce.

ACESSO

» Webmail
» Definir como página inicial

Publicidade

TEMPO EM AVEIRO


Inovanet
INOVAgest ®