domingo, 18 de Novembro de 2018  19:27
PESQUISAR 
LÍNGUA  

Portal D'Aveiro

Mourinho Seguros Prescrição eletrónica (PEM), Meios Complementares de Diagnóstico e Terapêutica (MCDT), Gestão de Clínicas Mourinho Seguros

Inovanet


RECEITA SUGESTÃO

Molotoff

Molotoff

Comece por bater as claras. Quando estiverem meio batidas, junte 2 colheres de açúcar e continue a bater sem parar até ...
» ver mais receitas


NOTÍCIAS

imprimir resumo
13-07-2018

“Regresso às Origens” convida os emigrantes



Este ano, o “Regresso às Origens” realiza-se amanhã e domingo. Este evento emblemático, que reforça a visibilidade do Castro de Romariz, costumava acontecer em Setembro, mas, desta feita, pretende aproveitar a época das férias, para encher a vila de Romariz. “Queremos atrair mais gente, nomeadamente emigrantes”, explicou Vital Santos, o presidente da “Voltado a Poente – Associação Cultural” (VaP), entidade parceira da Câmara de Santa Maria da Feira que tem assumido a dinamização deste sítio arqueológico tutelado formalmente pelo Museu Convento dos Lóios. Com o contributo das colectividades locais, a iniciativa devolverá a vida ao povoado remoto com um programa marcado por visitas guiadas, teatro de rua, música, dança e oficinas. Também apostará na gastronomia regional. O dirigente destacou “uma característica fundamental” deste evento: “a inexistência de exploração comercial”, sendo livre o acesso ao recinto e às actividades que ali se vão desenvolver. O Castro de Romariz apresenta “um terço” dos vestígios da vida do povo designado por “Túrdulos Velhos”, que aí habitou entre o século V antes de Cristo e o Século Primeiro da Era Cristã. Dá para ver partes das suas casas circulares, assim como parte das muralhas que existiam para proteger o povoado. No Século I a.C. chegaram os romanos, que influenciaram o modo de vida daquele povo. Foram, então, edificadas casa maiores, quadradas e rectangulares, dotadas de várias divisões, que passaram a coexistir com as habitações dos “Túrdulos Velhos”. Os vestígios do antigo povoado foram descobertos em 1843, por um agricultor local que andava a cortar mato. A abertura do evento está marcado para as 15.30 horas de amanhã, com o cortejo e cerimonial de inauguração. Meia hora depois terão início as visitas guiadas ao sítio arqueológico e serão abertos o povoado, as oficinas e a zona de restauração. Danças, música, animação de rua por personagens características e jogos são momentos que, a partir das 16.30 horas, se irão repetindo até às 24 horas. Pelas 22 horas, será apresentado um teatro de recriação histórica. No domingo, a abertura está agendada para as 11 horas e o programa repetir-se-á até ao encerramento da edição deste ano, marcada para as 23 horas.


ACESSO

» Webmail
» Definir como página inicial

Publicidade

TEMPO EM AVEIRO


Inovanet
INOVAgest ®