segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017  04:52
PESQUISAR 
LÍNGUA  

O Portal D'Aveiro deseja-lhe Boas Festas

Inovasis Publicidade Publicidade

Inovanet

INQUÉRITO

Aproxima-se mais uma quadra natalícia, quanto pensa gastar em média nas prendas?

Mais de 500 euros
350 a 500 euros
250 a 350 euros
150 a 250 euros
50 a 150 euros
0
sem opinião
» ver todos os inquéritos  

RECEITA SUGESTÃO

Peru Assado e Recheado

Peru Assado e Recheado

Prepare o peru e ponha-o de molho em água fria com os limões em rodelas, de um dia para o outro.

No dia ...
» ver mais receitas


NOTÍCIAS

imprimir resumo
07-12-2017

CRUP descontente com posição do governo sobre encargos salariais.



O Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, cujo vice é o Reitor da Universidade de Aveiro, afirma que o Governo não está a cumprir o contrato celebrado no âmbito do compromisso com a ciência e o conhecimento.

Acordo feito em Julho de 2016 e que previa um quadro de estabilidade do financiamento público às universidades e afirmava o compromisso do Governo quanto às dotações do Orçamento de Estado.

Os reitores recordam que esse acordo previa que seriam acrescidas dos montantes correspondentes aos aumentos de encargos salariais para a administração pública que o Governo viesse a determinar, incluindo os que decorram do aumento do valor da remuneração mensal mínima garantida e dos montantes necessários à execução de alterações legislativas.

As universidades afirmam “enorme surpresa” pelo do Despacho do Secretário de Estado do Orçamento, “o qual não prevê a atribuição do reforço orçamental devido e cuja transferência foi sucessivamente prometida”.

“Pelo contrário, o despacho determina que as universidades devem suportar os encargos salariais adicionais por saldos de receitas próprias, que são essenciais para o normal funcionamento das instituições”.

Os reitores temem que o acordo caia por terra colocando em causa a “afirmação internacional” das instituições.

“O CRUP não aceita que seja usado qualquer expediente que inviabilize a atribuição do reforço financeiro do corrente exercício orçamental que lhe é devido”, afirmam os reitores em sinal de aviso deixando para a próxima reunião do plenário, que terá lugar no dia 12 de dezembro, a tomada de posição.

 


ACESSO

Utilizador:
Password:
Ligar automaticamente:
» Registar
» Recuperar password
» Webmail
» Definir como página inicial

Publicidade

TEMPO EM AVEIRO


Inovanet
INOVAgest ®