quinta-feira, 23 de Novembro de 2017  01:55
PESQUISAR 
LÍNGUA  

Portal D'Aveiro

bye-byePello Publicidade Inovasis

Inovanet

INQUÉRITO

Aproxima-se mais uma quadra natalícia, quanto pensa gastar em média nas prendas?

Mais de 500 euros
350 a 500 euros
250 a 350 euros
150 a 250 euros
50 a 150 euros
0
sem opinião
» ver todos os inquéritos  

RECEITA SUGESTÃO

Sapateira Recheada I

Sapateira Recheada I

Separe as pernas e as patas da carapaça. Abra a carapaça da sapateira e retire-lhe as partes não comestíveis (partes ...
» ver mais receitas


NOTÍCIAS

imprimir resumo
14-09-2017

Autarca de Ourém diz-se alvo de "estratégia armadilhada"



O socialista Paulo Fonseca disse anteontem que foi alvo de uma "estratégia organizada e armadilhada" que conduziu à sua inelegibilidade ao município de Ourém, no distrito de Santarém, por decisão do Tribunal Constitucional (TC).
Paulo Fonseca, que liderou o concelho nos últimos oito anos, está impedido de se recandidatar às Eleições Autárquicas de 1 de Outubro por estar envolvido num processo de insolvência. Esta terça-feira à noite, em conferência de imprensa, o ainda presidente da Câmara de Ourém disse que a justiça se encontra num "sistema moribundo e impediu um cidadão de ser submetido à escolha livre dos cidadãos".
Manifestando-se de "mãos limpas e consciência tranquila", Paulo Fonseca salientou que foi declarado insolvente por, até 2008, ter sido sócio de uma empresa que faliu e da qual nunca foi gerente.
"Eu, que nunca fui gerente, fui declarado insolvente, e o outro sócio, apesar de ser o gerente, nunca foi colocado co­mo insolvente", explicou o autarca, considerando que "isto já dá para tirar uma conclusão evidente".


ACESSO

Utilizador:
Password:
Ligar automaticamente:
» Registar
» Recuperar password
» Webmail
» Definir como página inicial

Publicidade

TEMPO EM AVEIRO


Inovanet
INOVAgest ®