CONCURSO REGIONAL DO POLIEMPREENDE APELA À INOVAÇÃO

O «objectivo é fazermos coisas que nos façam felizes», disse ontem o presidente do Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) durante o lançamento do 15.º concurso Poliempreende. Ao ressalvar que a formação do ensino superior prepara para o trabalho, mas também que não há empregos para a vida, Jorge Conde incentivou os alunos a aderirem ao Poliempreende, que é uma oportunidade de colocarem as ideias em formato empresarial. Com o auditório do Instituto de Contabilidade e Administração de Coimbra (ISCAC) completamente cheio, o director anfitrião, Manuel Castelo Branco, passou a mensagem de que «só vale a pena produzir riqueza para um mundo mais feliz», notando que o trabalho, nomeadamente o qualificado, «é fundamental».
Diário de Aveiro


Portal d'Aveiro - www.aveiro.co.pt