NULO ILUSTRA MUITO BEM A DESINSPIRAÇÃO GERAL

Moreirense e Feirense empataram, ontem, a zero, protagonizando um duelo pobre e qua­se sem oportunidades de golo. Ao cabo de duas jornadas, as duas equipas somam dois pontos. Os dois conjuntos, potenciais adversários directos na luta pela manutenção, protagonizaram um jogo muito pobre. O calor e a fase prematura da época não justificam tudo. A desinspiração das duas equipas foi total e quem pagou bilhete para assistir à partida seguramente não gostou do espectáculo protagonizado por ambas. Numa primeira metade jogada essencialmente a meio-campo, a primeira jogada de perigo - e única para o conjunto orientado por Nuno Manta Santos - surgiu aos 27 minutos, com Flávio Ramos a cabecear para as mãos de Jhonatan.
Diário de Aveiro


Portal d'Aveiro - www.aveiro.co.pt